De 9 a 11 de novembro de 2016

UERJ, Rio de Janeiro, RJ

Enquanto empreendimentos pertencentes às Ciências Humanas, os saberes psi se construíram eminentemente como uma ciência masculina, ocidental, europeia-estadunidense, branca e burguesa. Assim, tomando o Homem como norma, seja no que tange ao sujeito do conhecimento (personagens históricos celebrados na disciplina), seja no que diz respeito ao seu objeto, a ciência psicológica permaneceu comumente presa a este Homem-norma, tendo relativo embaraço em contemplar os sujeitos que estavam fora dessa norma.

Saiba mais