O tema do congresso é “Patologização da vida e a medicalização da existência: articulando sentidos”. Problematizar o fenômeno contemporâneo da patologização da vida e da medicalização da existência, através de uma perspectiva multidisciplinar, favorecendo um ambiente de trocas de saberes e de experiências sobre o tema.

O Congresso objetiva fomentar a discussão sobre um tema abrangente e emergente: a patologização da vida e a medicalização da existência; ao mesmo tempo em que estimula novas pesquisas e maior aprofundamento na questão. Compreendemos que a medicalização do corpo na maioria das vezes é necessária, mas que a medicalização da existência, não. A pessoa adoecida precisa ser medicada, não cabendo, aqui, crítica ao diagnóstico e ao tratamento medicamentoso, mas sim à sua exacerbação: a patologização generalizada do ente humano, no sentido de encurtar seus horizontes existenciais através de diagnósticos que apenas patologizam as variações de intensidade, próprias das singularidades humanas, caracterizadas por seus múltiplos modos de ser e de existir no mundo da vida. Desse modo, o evento pretende construir um espaço acadêmico-científico com o propósito de fomentar em estudantes e profissionais das ciências humanas, sociais e da saúde a necessidade de pesquisas prospectivas ao evento, que favoreçam a ampliação do horizonte compreensivo sobre a temática do Congresso.

Destaques da programação

Sexta, 16 de setembro de 2016

Das 10:30 às 12hs – Mesa redonda: A existência encapsulada
Prof. Dr. Alexandre Marques Cabral – UERJ
Mediador: Prof. Dr. Jadir Lessa – UFMA

Das 14 às 18hs – Mesa redonda: Para além da patologia: ressignificando o sentido da existência
Prof. Dr. Jadir Lessa
Profa. Dra. Nair Portela
Prof. Dr. Auterives Marciel Júnior
Profa. Dra. Jurema Barros
Mediador: Prof. Dr. Alexandre Marques Cabral

Sábado, 17 de setembro de 2016

Das 8 às 12hs – Mesa redonda: A medicalização: convergências e divergências interdisciplinares
Profa. Me. Carla Castro – Universidade CEUMA
Prof. Gilvan Aragão Júnior – UFMA
Prof. Dr. Jean Marlos Pinheiro Borba – UFMA
Prof. Me. Vinicyus Teles Chagas – Universidade CEUMA
Mediador: Profa. Dra. Jurema Barros – UFC

Mini cursos

A coragem de dizer a verdade: Pensamento e Fraqueza como Prática de Liberdade
Prof. Dr. Auterives Maciel Júnior

Existência, enclausuramento e clínica: uma crítica do poder pastoral na clínica psicológica. Uma abordagem a partir de Foucault, Heidegger e Kierkegaard
Prof. Dr. Alexandre Marques – UERJ E Colégio Pedro II

Introdução ao Psicodrama
Coordenação: Professor Dr. Jadir Machado Lessa e equipe de Ego-Auxiliares, membros do Grupo de Estudos em Psicodrama da UFMA: Angela Vitoria Dias da Fonseca, Felipe Fook Bastos, Jadson Ramos e Sousa Santos, Jaynne Albuquerque Pereira, Juliana Sousa Cutrim, Marcos Vinicius Paz Soares e Kaio Felipe Queiroz Silva

Psicologia do Esporte
Profa. Dra. Cristianne Almeida Carvalho

Psicologia Fenomenológica e Intervenções Assistidas Por Animais – IAA´s: Contribuições para (des) Patologização da vida e (des) Medicalização da Existência
Prof. Dr. Jean Marlos Pinheiro Borba 

Medicalização – O Que Pertence ao Corpo Mente: Considerações Da Psicoterapia Somática
Profa. Me. Yalkiria Guadalupe Bezerra

Dependência química: uma questão psicológica ou fisiológica?
Profa. Me. Michelle Fontes

Relação de Ajuda como Ação Educativa (ACP)
Prof. Me. Carlos Santos Leal

Inconsciente e Cultura: o dialogo entre psicanalise e ciencias sociais
Profa. Dra. Marilande Martins Abreu

Medicalização da vida e contemporaneidade: contribuições heideggerianas
Profa. Dra. Jurema Barros

Percursos do doente renal crônico e a sua subjetividade: possíveis maneiras de atuação do psicólogo para além de Hipócrates
Psicóloga Josimary Lima